ARQUIVO ID126 – 2015.1 – ED. 01 / DOSSIÊ: TRABALHO

ARQUIVO ID126 – 2015.1 – ED. 01 / DOSSIÊ: TRABALHO

No mês do Trabalho, o Impressão Digital 126 apresenta algumas das múltiplas configurações que esta atividade tem adquirido na atualidade. Há quem trabalhe no seu tempo e no seu espaço. Existem os que trabalham informalmente para garantir o sustento e os que trabalham voluntariamente para garantir a satisfação. Alguns jovens empreendem, enquanto outros ocupam as vagas disponíveis e que oferecem o treinamento e a experiência que não possuem, em um contexto de aumento do desemprego na capital baiana. Para além dos jovens, contudo, encontramos pessoas que desempenharam a mesma função durante toda a vida, bem como cidadãos que ainda se dedicam a profissões consideradas antigas ou em desuso. Afinal, apesar dos “novos tempos”, o tradicional coexiste, inclusive os problemas que persistem ao longo dos anos como o assédio moral e os regimes de trabalho análogos à escravidão. Na medida em que todas essas questões perpassam as leis trabalhistas, abrimos o dossiê abordando justamente esses direitos, uma temática que vem agitando o cenário nacional nos últimos meses.

Foto: Vinicius Gericó

Direitos trabalhistas e lei da terceirização

Com a aprovação da PL 4330 que regulamenta a terceirização no país, os direitos e ações trabalhistas são postos em discussão

Jovens empreendedores já são 530 mil na Bahia

Eles não possuem todo o tempo do mundo e por isso resolveram assumir o risco de empreender

Antigas profissões e novos especialistas

As marcas das mudanças tecnológicas nas relações de trabalho

O não lugar para o trabalho

Trabalhar em ambientes alternativos tem feito muitas pessoas renunciarem à estabilidade dos espaços convencionais

Fora de hora

Trabalho artístico e temporalidade sob a visão de um cineasta, um dramaturgo, um escritor, um artista plástico e um regente

O trabalho que ocupa tempo e é pago com satisfação

O voluntariado é uma iniciativa que exige dedicação e responsabilidade

Foto: Pedro Singer

O mercado de trabalho informal nas ruas da cidade

A vida dos vendedores ambulantes nas ruas da capital baiana

Profissões que mais empregam o público jovem

Áreas de atendimento tendem a recrutar o público da faixa dos 18 a 24 anos, diz especialista

Salvador é a capital com maior índice de desemprego do Brasil

Pesquisa do IBGE mostra aumento do desemprego em Salvador no mês de março

Ofício de uma vida

Pessoas que dedicaram a vida inteira ao exercício da mesma profissão

A geração do trabalho espontâneo

Como novas relações entre trabalho e lazer vêm se consolidando entre os jovens

Assédio moral no estado da Bahia

Relações abusivas no trabalho

Das senzalas à neo-escravidão

Bahia ocupou vice-liderança entre estados do Nordeste com casos de trabalho escravo em 2014

Share