ARQUIVO ID126 – 2015.1 – ED. 02 / DOSSIÊ: EDUCAÇÃO

ARQUIVO ID126 – 2015.1 – ED. 02 / DOSSIÊ: EDUCAÇÃO

O ajuste fiscal provocou o corte orçamentário de sete bilhões do Ministério da Educação para o ano de 2015. Diante disso o Impressão Digital 126 fez um panorama da área para apresentar a diversidade e complexidade deste direito que é garantido por lei. A educação é discutida frente a um cenário de escassez dos recursos. Por outro lado, há um movimento cada vez mais acentuado de melhoria nas condições de acesso que envolve a incorporação das novas tecnologias e a inserção de novos alunos e professores. Há muito, a classe já não é mais composta por carteiras e quadro negro. Os alunos, cada vez mais conectados, usam dispositivos móveis em sala para o acesso ao que antes só existia nos livros e bibliotecas. A multiplicidade de informação e tecnologia é acompanhada de dispersão. Para reverter a situação, professores investem em outras formas de aproximação, como os games educativos. Educar é necessariamente incluir. As salas de aulas devem garantir acesso a todos os alunos, principalmente os que têm algum tipo de deficiência, ou àqueles que não tiveram oportunidade de estudar, quando eram mais novos. O ensino também já não se limita mais ao espaço físico e local. A educação à distância e as possibilidades de estudar fora do país ganham força, especialmente para os alunos mais jovens, que tentam conciliar trabalho, estudo e outros interesses. Nesta edição temática você irá conhecer um pouco mais dessa diversidade do que se entende por educação.

          Foto: Caíque Bouzas

O ID126 discute o projeto de lei que quer proibir a utilização de tecnologia móvel em todas as escolas do país

Professores e pesquisadores avançam na aplicação de jogos em ambientes educacionais

A graduação no exterior, além de enriquecer o currículo, oferece uma rica bagagem cultural aos estudantes

Mesmo com decretos na Constituição Federal, alunos com transtorno do espectro autista ainda não têm acesso pleno à educação

Doutores, graduandos e pós-graduandos revelam os passos dados para a construção do conhecimento em todas as esferas científicas e sociais

Programa educacional alfabetiza idosos na Bahia

Ensino das artes nas escolas da rede pública no Brasil tem provocado debate entre alunos e profissionais da educação

Mercado de trabalho está mais aberto a esta modalidade de ensino

Dificuldades e benefícios na escolha por dois cursos

Como uma alternativa aos modelos tradicionais, a educação construtivista propõe que o aluno construa conhecimento de forma diferenciada

A trajetória e os planos futuros de Monique Evelle, idealizadora do projeto Desabafo Social

Estar internado em um hospital não é fácil, principalmente para crianças e adolescentes, que além do lar precisam trocar o ambiente escolar pelo hospitalar

A facilidade de aprender sozinho através de estratégias do “faça você mesmo” ou com apoio colaborativo

Os motivos que os levaram a escolher a profissão e suas experiências em sala

O programa Primeiro Passo tem como objetivo garantir a melhoria da educação infantil de cerca de 200 mil crianças soteropolitanas em idade de creche

Share