Refeição chega no ritmo de bites e toques digitais

Refeição chega no ritmo de bites e toques digitais

Renato Cerqueira | Fotos: Divulgação/Banco de dados

Descubra o Masterchef em você com uma pitada de caracteres

Arthur Schopenhauer (1788-1860), filósofo alemão, que não podemos dizer se era bom ou não na cozinha, dizia que um bom cozinheiro pode dar gosto a uma velha sola de sapato, assim como um bom escritor pode tornar interessante até mesmo o assunto mais árido. Mas  mudar o achar para o ser um bom cozinheiro exige um grande número de ovos carbonizados e bolos solados.

O  século XXI, muito diferente do século XIX  em que Schopenhauer viveu, nos presenteou com a possibilidade de ser o “masterchef” da galera por meio de suculentos sites, que, de acordo com a Folha de São Paulo, teve um aumento de 36% de usuários. O site TudoGostoso, o mais popular entre os pesquisados, tem mais de duas mil receitas, pouco mais de cinco milhões de curtidas na página oficial do Facebook e as avaliações feitas no site, aplicativo e rede social estão acima de quatro estrelas. Segundo comentários dos usuários, o site é referencial quando o assunto é receitas online.

Para o estudante de Nutrição, Rafael Cardim, 20 anos, o site foi uma mão na roda. Ele o utiliza há quatro anos, quando passou a morar sozinho. Segundo ele, a receita mais difícil de executar foi o Penne à Carbonara. Porém, mesmo avaliando muito bem o site, ele reclama que em algumas receitas não são disponibilizadas as medidas que devem ser utilizadas, o que interfere diretamente na produção dos pratos.

Menina comendo macarrão

Além de receitas criadas pelos chefs responsáveis pelo site, os usuários podem compartilhar suas criações com outros internautas, precisando apenas se cadastrar para ter o acesso liberado.

Delivery now

Ainda que diversos sites disponham do passo-a-passo que guiam o caminho para se fazer um mestre nas artes culinárias, outros aplicativos ganham notoriedade no momento que, mesmo com esse passo-a-passo, os seus ovos continuam carbonizando e seus bolos solando, fazendo com que os aplicativos de comida delivery salvem a refeição. Os aplicativos de delivery se popularizaram bastante nos últimos anos. No meio de tantos, o iFood e o PedidosJá se destacam no número de acessos.

Aplicativo iFood aberto em celular | Fonte: Internet

O iFood, lançado em 2011, tem cerca de 800 mil curtidas na sua página oficial do Facebook, e uma avaliação de 3,1 estrelas. As reclamações mais constantes são sobre  atendimento, tempo de entrega, qualidade da comida dos restaurantes e os erros do GPS. O PedidosJá, lançado em 2010, tem cerca de 600 mil curtidas na sua página oficial do Facebook, mas a janela de avaliações é bloqueada para usuários.

Alisson Brito, 27 anos, afirma que os aplicativos foram a melhor coisa que apareceu em sua vida. O trabalho como designer gráfico consome muito do seu tempo, o que o impossibilita de ir a um restaurante durante o horário de almoço. Por isso ele sempre pede suas refeições através do aplicativo iFood. Segundo ele, dentre os aplicativos disponíveis no mercado, o iFood é o melhor: É muito prático desde a escolha dos restaurantes, pratos e pagamentos”, afirma.

O aplicativo já entrou em sua rotina: ” Utilizo sempre que temos visita e não tem nada pronto em casa. O fato de passar  a maior parte do dia fora contribui muito”, pontua. O atendimento que é prestado desde o pedido até a entrega é um fator importante para uma futura visita ao restaurante “físico”, mas ainda assim alguns fatores externos, como o trânsito, são levados em consideração. Brito diz que um dos maiores problemas com o aplicativo é a falta de precisão do GPS, o que atrapalha a chegada do pedido.

Em Salvador, o aplicativo possui 283 restaurantes cadastrados, entre eles, estão o Beach Stop, Amor aos Pedaços, Primo Piato, Buona Pizza, entre outros. A melhor avaliação é do restaurante Kero Massa, localizado no bairro da Boca do Rio.

Para conferir dicas de bares e restaurantes em Salvador, acesse.