ARQUIVO ID 126- 2016.2- ED. 01/DOSSIÊ: UMA DEUSA

ARQUIVO ID 126- 2016.2- ED. 01/DOSSIÊ: UMA DEUSA

Em sua primeira edição preparada pela turma da disciplina COM 126, semestre 2016.2, o Impressão Digital 126  mostra as nuances do poder feminino. Intitulado Uma Deusa, ele inicia uma trilogia baseada na canção Ela é Demais, composta por Elias Muniz e que estourou na voz da dupla Rick e Renner. A canção que fez enorme sucesso quando foi lançada em 1998  é lembrada até por aqueles que não curtem sertanejo. Talvez, porque o refrão consegue sintetizar as marcas que se tornaram sinônimo para o feminino- poder, loucura e sedução- mas numa perspectiva mais positiva da que historicamente levaram esses adjetivos a acompanhar a trajetória das mulheres.  Os caminhos dessa trilogia vão apontar como elas jamais se conformaram em ser enquadradas em estereótipos. Pelo contrário, têm se esforçado para  ressignificá-los.

Ilustração: Michelle Oliveira

 

Uma deusa, uma louca, uma feiticeira: três faces da moeda

Com o poder feminino em destaque, o Impressão Digital 126 inaugura sua trilogia baseada na canção Ela é Demais de Elias Muniz e interpretada por Rick e Renner

Controle de bytes vira arma contra o preconceito no mundo dos games  

Enquanto 52,6% dos jogadores de games são mulheres, elas são apenas 10% dos desenvolvedores. Iniciativas tem surgido para aumentar a participação e a representatividade feminina no setor

“A letra é muito bonita porque é uma exaltação da mulher”

O cantor Rick Sollo, que eternizou a letra de Ela é Demais na dupla com Renner destaca em entrevista o sucesso da canção, a carreira solo e o atual mercado musical do Brasil

A dupla Rick e Renner emplacou o hit Ela é Demais . Foto: Divulgação

Religiões matriarcais retomam a importância do feminino na espiritualidade

Movimentos como os da prática religiosa classificada como Nova Era tem aberto caminho para a descoberta do poder místico que envolve as mulheres

Mulheres mostram a força dos seus micropoderes

Vídeo apresenta donas do poder de reescrever histórias ao se dedicar a descobrir como ajudar aqueles que precisam de ações concretas

Uma deusa para celebrar e pedir a bênção

Ao longo do tempo, diferentes culturas reverenciaram o poder que vem do feminino por meio do culto a deusas

Iemanjá é uma das muitas deusas celebradas no culto ao poder feminino. Ilustração: Internet livre

 

De coadjuvantes a protagonistas: mulheres ocupam novo espaço na TV

Embora ainda sejam minoria como protagonistas na indústria audiovisual, os personagens femininos conquistaram nos últimos anos posições de destaque no mercado americano

Cozinha é espaço do sacerdócio feminino

O candomblé deu à manipulação de alimentos uma conotação de importância. É ela que fortalece os deuses e a comunidade que os cultua

Sim, mulheres escrevem. Só falta o mercado descobrir

Escritoras brasileiras e internacionais enfrentam preconceitos evidentes no mercado editorial. No Brasil, de 57 edições do Jabuti apenas 22 chegaram ao topo

Música transforma cantoras em deusas

Rainhas da Axé music, MPB e sertanejo,  as mulheres conquistaram  espaço e são reconhecidas como estrelas, atraindo legião de fãs e seguidores

 

COM 126 – Oficina de Jornalismo Digital, 2016.2

Coordenação: Cleidiana Ramos (professora)

Coordenador-adjunto: André Uzeda (tirocinista)

Edição: Alessandra Oliveira, Lara Pinheiro, Marcelo Ricardo e Michelle Oliveira

Reportagem: Alessandra Oliveira, Bruna Leite, Cleane Lima, Daniel Oliveira, Flávia Lima, Gess Alencar, Hilza Cordeiro, Jasmin Chalegre, Jéssica Carvalho, Jéssica Muniz, João Bertonie, Lara Pinheiro, Marcelo Ricardo, Mallu Silva, Marina Montenegro, Michelle Oliveira, Milena Teixeira, Naira Diniz, Pablo Santana, Rayllanna Lima, Sara Simas, Sérgio Loureiro, Vitória Sampaio e Yananda Lima  

Produção de eventos para lançamento: Gess Alencar e Jasmin Chalegre

Share